Temporal atinge Porto Alegre

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 25 de outubro de 2003 as 11:27, por: cdb

Um temporal no início desta manhã provocou transtornos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e em algumas cidades da região metropolitana. Na capital, ruas e viadutos ficaram alagados, ouve queda de árvores, postes e fios de alta tensão e falha em semáforos. A forte chuva também provocou falta de energia elétrica nas zonas sul e leste.

Os alagamentos foram registrados na Avenida Goethe, trechos da Nilo Peçanha – principalmente nos cruzamentos com a Teixeira Mendes e Carlos Gomes, na Avenida Benjamin Constant e na Avenida Otto Niemeyer.

Na Avenida Sertório, o temporal provocou pane em muitas sinaleiras, mas a situação foi corrigida. No bairro Teresópolis, na Rua Samuel Madureira Coelho, uma árvore de grande porte caiu na pista.

Na zona sul, o temporal prejudicou o trânsito principalmente na Avenida Cavalhada. Por volta do número 3600, sentido Centro-Bairro, apenas ônibus e caminhões conseguiram trafegar pela pista. Também na Cavalhada, próximo ao número 5700, uma árvore e uma placa de sinalização caíram na pista, interrompendo o trânsito. Na Avenida Guaíba, fios de alta tensão e árvores caíram nas calçadas.

Alguns bairros da cidade já tiveram a luz reestabelecida, em outros não há previsão. Equipes de Departamento de Esgotos Pluviais (DEP), Secretaria Municipal de Obras Viárias (SMOV) e Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) estão trabalhando nas ruas da capital.

Pelo Interior, algumas cidade também estão sem luz. Bairros de Guaíba, Eldorado do Sul, Alvorada e Viamão sofrem com o problema. Em Bagé, casas forma destelhadas.

O forte temporal começou às 6h da manhã com rajadas de vento que chegaram a 93 km por hora.