Técnico de Camarões diz que Foe não quis ser substituído

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 28 de junho de 2003 as 15:40, por: cdb

O técnico camaronês, Winfried Scheafer, afirmou que iria substituir Marc-Vivien Foe no intervalo da partida contra a Colômbia, mas o jogador não aceitou.

Foe caiu sozinho em campo aos 24 minutos do segundo tempo da partida e logo depois morreu na enfermaria do Estádio Gerland de Lyon.

– O médico da seleção e eu achávamos que estava cansado e quisemos substituí-lo, mas não ele quis. Foe dizia que estava bem e que queria jogar até o final. Minutos depois, desabou – disse Scheafer.

O treinador destacou que confia em que Samuel Eto’o viage até Paris para a final, mas não disse se o escalará.

Eto’o se encontra com seu clube, o Mallorca, para disputar hoje a final da Copa do Rei da Espanha contra o Recreativo de Huelva.

– Eu gostaria que Eto’o jogasse hoje uma grande partida e se unisse depois ao grupo, e que toda a equipe estivesse pronta para a final – desabafou Scheafer.