Tarifas e alimentos elevam a inflação pelo IPCA-15 em setembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 23 de setembro de 2003 as 10:32, por: cdb

Refletindo aumentos em tarifas e custos dos alimentos, a inflação medida pelo IPCA-15 acelerou para 0,57% em setembro, após uma alta de 0,27% em agosto. O dado divulgado nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é visto como uma leitura prévia do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) – referência do sistema de metas de inflação – deste mês.

Analistas já esperavam que a inflação acelerasse este mês por causa das pressões de alimentos em período de entressafra e a influência de reajustes de algumas tarifas.

Os preços dos Alimentos, que haviam caído 0,32% em agosto, avançaram 0,17% em setembro. Os destaques ficaram com os preços das carnes bovinas, que subiram 3,52% após uma alta de 1,04% em agosto, e de frango, com alta de 1,02% comparado com uma queda de 1,3% no mês anterior.

Outro fator de pressão veio dos reajustes de tarifas de água e esgoto de 6,29%; energia elétrica, com alta de 1,74%, e ônibus urbanos, de 0,47%.

Com o resultado do IPCA-15 de agosto, o IPCA-E, equivalente ao acumulado nos meses de julho, agosto e setembro, ficou em 0,66%, abaixo do resultado do mesmo trimestre do ano passado, de 2,22%.