Tarifas de telefone celular terão aumento de 21,99% no sábado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 5 de fevereiro de 2003 as 22:27, por: cdb

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) autorizou hoje reajuste médio de 21,99% nas tarifas da telefonia celular em todo o País. Esse percentual será também aplicado para correção dos valores de remuneração do uso de rede das operadoras, incluindo aquelas empresas que migraram para o Serviço Móvel Pessoal (SMP). As empresas, segundo o conselheiro da Anatel, Luiz Tito Cerasolli, tinham direito a um reajuste de 23,31% em média, sobre os quais foi aplicado um índice de produtividade de 1,32 ponto percentual que permitiu reduzir o reajuste.

Dentro dos itens que compõem a cesta de referência, como a habilitação e a assinatura dos serviços, as empresas podem conceder reajuste individual de até 26,39%, desde que diminuam os valores de outros itens, para que o percentual de aumento como um todo não ultrapasse os 21,29%. Segundo Cerasolli, as empresas preferiram aumentar o valor das chamadas locais.

A Anatel também concedeu reajuste de 22,5%, em média, para as ligações feitas de telefone fixo para telefone móvel. Os reajustes entrarão em vigor sábado, depois de as empresas publicarem, por dois dias consecutivos, os índices nos jornais de grande circulação das regiões em que atuam.

As ligações feitas de um telefone fixo da Telefônica para um telefone celular terão um reajuste de 19,48%, em média. A agência adotou para o reajuste deste ano uma fórmula diferente para medir o índice de correção de tarifas de ligação entre um telefone fixo e um celular. Pela nova regra, o reajuste varia de acordo com o valor cobrado por cada operadora celular pelo uso de sua rede.

As ligações da Telefônica para a Telesp celular foram corrigidas em 17,12%. Já as chamadas da Telefônica para a BCP terão uma correção de 27,58%. As ligações feitas da Telefônica para um celular da Tess terão reajuste de 14,08%. Segundo Cerasolli, o objetivo da agência é expor a operadora que cobra um valor elevado pela tarifa de uso de sua rede e incentivar a competição ente as empresas.

O reajuste médio das tarifas das ligações de um telefone da Telemar para um celular foi de 23,80% e da Brasil Telecom de 23,38%. São os seguintes os outros reajustes das ligações feitas de um telefone das operadoras fixas para um telefone celular: Telemar, 23,80%; Brasil Telecom, 23,38%; CTBC Telecom, 25,87%; e Sercomtel, 22,50%. Reajuste só não vale para 5 operadoras.

O reajuste médio de 21,99% vale para todas as operadoras do País, com exceção de cinco empresas que ainda não completaram um ano do reajuste passado. Segundo Cerasolli, as operadoras BCP (São Paulo), TCO (Centro-Oeste), Maxitel (Bahia e Sergipe), NBT (Região Norte) e BSE (Região Nordeste) ainda estão negociando os índices de reajuste e não há previsão de quando o reajuste será anunciado.