Taliban anuncia morte de importante chefe afegão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de abril de 2004 as 08:39, por: cdb

Remanescentes da milícia Taliban mataram um importante chefe de inteligência do Afeganistão e capturaram três distritos perto da fronteira com o Paquistão, disse nesta segunda-feira um porta-voz do grupo islâmico.

Combatentes do Taliban mataram Ahmadullah, chefe de inteligência da Província de Uruzgan, na região central do Afeganistão, e estão planejando intensificar os ataques contra autoridades do governo do país e contra militares dos Estados Unidos, afirmou o porta-voz Abdul Latif Hakimi.

O Taliban declarou uma jihad (guerra santa) contra tropas estrangeiras e do governo do Afeganistão e organizações de ajuda humanitária. Desde agosto do ano passado, mais de 600 pessoas foram mortas em incidentes violentos, atribuídos em grande parte ao Taliban.

Ahmadullah foi capturado na última quinta-feira com dois de seus seguranças perto de sua aldeia natal, Tirin Kot, cerca de 350 quilômetros a sudoeste de Cabul. “Nós os matamos depois que ele se recusou a cooperar conosco”, disse Hakimi. “Não vamos entregar os corpos até que autoridades de Uruzgan entreguem o corpo de um membro do Taliban que eles mataram.”

A Província de Uruzgan era um bastião do Taliban antes da queda do grupo fundamentalista no final de 2001 e vive recentemente uma onda de ataques. Hakimi disse também que combatentes do Taliban capturaram neste domingo três distritos na remota Província de Paktika, perto da fronteira com o Paquistão, mas um chefe da polícia na região negou.