Tailândia fará teste de DNA em todas as vítimas do tsunami

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de janeiro de 2005 as 14:50, por: cdb

O ministro do Interior da Tailândia, Bhokin Bhalakula, determinou que sejam feitos testes de DNA em todos os corpos encontrados depois do tsunami, mesmo naqueles que já foram enterrados.

A decisão se segue a um aumento de mais de dez vezes na quantidade de corpos considerados como “de nacionalidade desconhecida”.

As autoridades tailandesas dizem que a identificação inicial não é confiável. Mais de 5,3 mil corpos foram recuperados até agora no país.


Aparência

O correspondente da BBC em Phuket, Chris Hogg, afirma que os tailandeses admitem agora que a quantidade de corpos encontrada nos primeiros dias foi tão grande que a situação “ficou confusa”.

Corpos classificados como de tailandeses ou de estrangeiros foram identificados com base na aparência ou em testes de DNA que os comparavam a um parente.

Mas agora as autoridades dizem que algumas das pessoas que se acreditava serem tailandesas podem ser de outros países asiáticos.

Corpos que foram enterrados sem passar pelo teste de DNA serão agora exumados.
Ainda há mais de 3 mil desaparecidos na Tailândia. Acredita-se que, desse total, mais de mil sejam estrangeiros.