Sucesso da exposição Índia! leva CCBB do Rio a estender horário de funcionamento da mostra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de janeiro de 2012 as 16:00, por: cdb

Paulo Virgilio
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro – O grande sucesso de público da exposição Índia!, inaugurada em outubro do ano passado e já visitada por mais de meio milhão de pessoas, levou o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro (CCBB-RJ) a estender o horário de funcionamento no último fim de semana da mostra. Nos próximos dias 27, 28 e 29, o CCBB, que normalmente fecha suas portas às 21h, estará aberto até a meia-noite. O horário de abertura (9h) permanecerá o mesmo.

Com um total de 541.860 visitantes até domingo passado (22), Índia! está entre as dez exposições mais visitadas nos 22 anos de existência do CCBB do Rio. O ranking ainda é liderado pelas mostras Surrealismo (2000) e Arte da África (2003), ambas visitadas por mais de 700 mil pessoas.

Para o gerente-geral do CCBB, Marcelo Mendonça, o interesse pela arte e cultura de uma das sociedades mais antigas do planeta explica o sucesso da mostra, que no entanto tem muito mais a apresentar. “É uma oportunidade única de se aproximar de uma cultura tão interessante e exótica e de um país que, a exemplo do Brasil, hoje é um protagonista mundial. O núcleo contemporâneo da exposição traz a reflexão dos artistas contemporâneos indianos sobre as transformações que estão acontecendo naquele país”, disse.

Com curadoria do holandês Pieter Tjabbes, Índia! exibe 380 peças em 18 salas, abrangendo escultura, pintura, objetos do cotidiano, fotografia, indumentária, tecidos, instrumentos musicais, cartazes e trechos dos filmes da pujante indústria cinematográfica do país (Bollywood) e recursos audiovisuais. A imensa variedade de itens está distribuída por quatro segmentos: homem, deuses, formação da Índia moderna e arte contemporânea.

As obras antigas pertencem aos acervos de diversos museus da Europa e, algumas, ao Museu Histórico Nacional (MHN), do Rio de Janeiro. Já as obras contemporâneas vieram de instituições privadas e artistas indianos. Da capital fluminense, Índia! segue para os CCBBs de São Paulo, de 11 de fevereiro a 6 de maio, e de Brasília, de 28 de maio a 22 de julho.

A programação de exposições do CCBB do Rio para este ano prevê pelo menos três grandes mostras, segundo informou Marcelo Mendonça. Duas serão inauguradas em fevereiro, a mostra Irmãos Campana, dedicada à dupla de designers brasileiros, e uma ampla retrospectiva da pintora Tarsila do Amaral, ícone do modernismo no Brasil. “São 80 obras de Tarsila, que há 40 anos não tinha uma grande exposição no Rio de Janeiro”, destacou.

Em junho, paralelamente à Conferência Mundial do Meio Ambiente, a Rio+20, o CCBB vai abrigar uma megaexposição sobre a cultura visual da Amazônia.

 

Edição: Aécio Amado