STJ mantém pedido de extradição de bispos da Renascer

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007 as 20:06, por: cdb

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve nesta segunda-feira o pedido de extradição dos fundadores da Igreja Renascer, Estevam e Sônia Hernandes. Os dois foram presos no dia 9 de janeiro nos Estados Unidos com US$ 56 mil não declarados. O STJ negou habeas corpus em que o casal pedia a suspensão imediata do pedido de extradição.

A decisão foi da ministra Laurita Vaz, relatora do processo, que manteve decisão da Justiça de São Paulo. Ela afirmou não ter identificado qualquer ilegalidade que justificasse a suspensão do pedido de extradição.

No pedido negado, Estevam e Sônia alegaram que o acordo de cooperação entre Brasil e Estados Unidos não prevê extradição por causa dos crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de bens, pelos quais ambos são investigados no Brasil.