Soldado americano mata tigre em zoológico de Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 20 de setembro de 2003 as 12:53, por: cdb

Um soldado americano matou com um tiro um tigre de Bengala do zoológico de Bagdá na madrugada de sexta-feira, após o animal ter atacado um militar que entrou na jaula. A explicação foi divulgada neste sábado pelo diretor da instituição, Adel Salman Musa.

“Os soldados chegaram pela noite com comida e cervejas acompanhados por um grupo de policiais iraquianos. Um dos soldados, que segundo a polícia iraquiana havia bebido bastante, entrou na jaula desobedecendo as advertências de seus companheiros e tentou dar comida ao animal, que lhe feriu gravemente em um braço”, explicou.

Segundo Salman Musa, o tigre arrancou um dedo da mão do militar, além de ter mordido gravemente um dos braços. Numa tentativa para socorrer o soldado, um outro militar disparou contra o animal e o matou.

O sargento Mark Ingham confirmou que um soldado matou um tigre no zoológico e explicou que foi aberta uma sindicância para investigar o incidente. Segundo o diretor do zoológico, os soldados americanos vão com frequência ao local para fazer festas quando a instituição está fechada ao público. “Não temos como proibir isso”, lamentou.