Sobe para 152 cidades em situação de emergência em MG

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de fevereiro de 2007 as 17:25, por: cdb

Esta segunda-feira não começou bem em Minas Gerais. Subiu para 152 o número de cidades que decretaram situação de emergência por causa das chuvas em Minas. Os últimos municípios afetados pelos temporais foram Aiuruoca, no Sul do estado, Rodeiro, na Zona da Mata, e São Gonçalo do Pará, no Centro-Oeste do estado.

Segundo a Defesa Civil, 606.834 pessoas foram afetadas pelas chuvas desde outubro, quando começou o período chuvoso. Desse total, 38.723 estão desalojadas e 12.699, desabrigadas. Pelo menos 288 pessoas ficaram feridas e 25 morreram. Os danos materiais contabilizam 8.520 casas danificadas, 1.318 destruídas e 1.130 pontes abaladas.

Nesta segunda-feira, voltou a chover forte no estado. Em Campo do Meio, no Sul do estado, algumas ruas ficaram inundadas e calçadas foram destruídas pela força da água. Árvores e postes tombaram. O fornecimento de energia elétrica foi interrompido em algumas áreas. Tratores tiveram de retirar o mato e a lama acumulados.

Segundo a prefeitura, esta é a terceira chuva forte em pouco mais de uma semana em Campo do Meio. No dia 6, o volume e a força da água do Ribeirão do Retirinho impressionaram. Três bairros ficaram isolados. Representantes da prefeitura vão nesta semana a Belo Horizonte entregar ao governo um balanço dos prejuízos causados pela chuva nos últimos dias.

O advogado que representa os acampados do MST em Coqueiros do Sul, Leandro Scalabrin, disse que vai entrar com uma denúncia no Ministério Público Estadual contra as ações do Batalhão de Operações Especiais da Brigada Militar por violação dos direitos humanos e abuso de autoridade.