Sobe para 12 os mortos de atentado em Israel

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 16 de novembro de 2002 as 00:33, por: cdb

Sobe para 12 o número de mortos no atentado de hoje em Hebron (Cisjordânia), quando palestinos armados abriram fogo e jogaram granadas contra um grupo de judeus que voltava das orações do dia sagrado de Sabbath.

Segundo informações de médicos israelenses, 16 pessoas ficaram feridas, muitas delas em estado grave. A Jihad Islâmica (grupo terrorista palestino) assumiu em telefonema a autoria do atentado.

O ataque começou pouco após as 19h30 (15h30 de Brasília) quando integrantes do Jihad, segundo fontes policiais e médicas, atiraram perto da Tumba dos Patriarcas contra os fiéis que seguiam para a colônia de Kiryat Arba.

Os soldados que se aproximaram para socorrer os feridos também viraram alvo do ataque. A rádio israelense informou que a emboscada contra os soldados fazia parte do plano. O Exército reagiu e começaram tiroteios pesados entre as duas partes, que duraram cerca de 90 minutos e dificultaram a aproximação de ambulâncias ao local.

De acordo com informações do jornal israelense “Haaretz”, helicópteros das Forças Armadas foram usados na retirada dos feridos e dos corpos dos mortos. Oito dos feridos foram levados ao hospital da Universidade Hadassah. Um dos feridos está em estado crítico, três deles seriamente feridos e o restante teve ferimentos leves.

Outros oito feridos no ataque foram levados ao centro médico Shaare Zedek, em Jerusalém, a maioria com ferimentos de leve a moderados.