Só tem a ganhar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de março de 2003 as 14:54, por: cdb

Convencido de que o setor de reflorestamento pode dobrar, em 10 anos, os 2,5 milhões de empregos hoje oferecidos, o senador Osmar Dias (PDT-PR) faz o meio de campo entre o Executivo, o Legislativo e representantes do setor. Avalizando proposta apresentada pelos empresários, sugere que as exportações brasileiras de madeira e derivados passem dos atuais US$ 3,4 bilhões para US$ US$ 11 bilhões, nos próximos 10 anos.

Segundo o senador, tal aumento, embora significativo, ainda deixaria o País longe das exportações atuais de nações como o Canadá (US$ 60 bilhões), Estados Unidos (US$ 34 bilhões) e Finlândia (US$ 21 bilhões).

No Senado, Osmar Dias disse que, além de melhorar a balança comercial e gerar novos empregos, o incremento da atividade de reflorestamento irá reforçar a preservação ambiental. Segundo explicou, com a ampliação da área ocupada com reflorestamento, de 5 para 11 milhões de hectares, a legislação obrigará que a área de preservação seja ampliada em 2 milhões de hectares.
– Teremos a ganhar social, econômica e ambientalmente – concluiu.

PORCINA
A presidenta do Iphan, Maria Elisa Costa, filha do arquiteto Lúcio Costa, só foi nomeada pela mídia. Até agora, não teve o nome publicado no Diário Oficial. Especulou-se que o motivo seria seu vínculo com uma ONG. Agora, dizem que teria pendências na Receita Federal. A versão correta ninguém sabe. Como a nomeação não saiu, os fofoqueiros fazem a festa.

PRATO CHEIO
A supermodelo Gisele Bündchen ofereceu seus serviços – e que serviços! – ao presidente Lula para ajudar no programa Fome Zero.

ESTACA ZERO
Aliás, arrefeceu um pouco o entusiasmo pelo programa Fome Zero que, com 70 dias de Governo Lula, não saiu do zero.

À LA CARTE
As muambas apreendidas pela Receita Federal serão doadas ao Fome Zero. Vai haver uísque, caviar e champã nas três refeições previstas no programa.

CLUBE DA LULU
As alunas da St. Hilda’s – a única das 45 faculdades do campus britânico de Oxford que continua exclusivamente feminina – votaram ontem contra o ingresso de estudantes do sexo masculino. Para ser aprovada, a proposta precisava do apoio de dois terços das alunas, mas foi derrotada por ter recebido apenas um voto a favor.

NO FORNO
Depois de mais de um mês de trabalho e muita investigação, pouco se fala de Rodrigo Silveirinha na CPI do Propinoduto.

TENTAÇÃO
Mal deixou o Big Brother 3, a dançarina Sabrina Sato, já está na pauta da Playboy. Por uma boa proposta, o pitéu aceita mostrar o restinho que andou encoberto durante o programa.

HOLOCAUSTO
O diretor de cinema polonês-francês, Roman Polanski, estará presente dia 19, em Budapeste, na estréia de seu mais recente filme, “O Pianista”. A renda da sessão será destinada ao Museu do Holocausto, previsto para ser inaugurado em 2004 na capital
húngara.

VESTÍGIOS
Um documentário do brasileiro Walter Salles sobre um artista polonês que cria esculturas com as árvores queimadas da Floresta Amazônica comoveu terça-feira o público do 18O Festival de Cinema de Mar del Plata, na Argentina. O filme conta a história do polonês Frank Krajcberg, que, fugindo da Europa devastada pela guerra, passou a viver no Mato Grosso a partir de 1948, iniciando campanha pela preservação da natureza.

Inconfidências

>> Confirmada para amanhã, às 9 horas, a posse de Jamil Haddad na direção do Instituto Nacional do Câncer.
>> A Alfândega britânica começou a interrogar, ontem, três homens ligados a um carregamento de cocaína, avaliado em US$ 1,5 milhão, encontrado no luxuoso cruzeiro Caronia, procedente da América do Sul e do Caribe.
>> A Fifa suspendeu ontem, “até nova ordem”, a ajuda financeira destinada à Somália, Burundi e Porto Rico. Tais federações não apresentaram documentos justificando o uso de uma parte da verba recebida.
>> Artigo 1.639 do novo Código Civil: “É lícito aos nubentes, antes de celebrado o casamento, estipular, quanto aos seus bens, o que lhes aprouver”.
>> Parágrafo 1O: “O regime de bens entre os cônjuge