Sintonia tucana

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 14:22, por: cdb

Na linha tucana segundo a qual quem olha para trás é espelho retrovisor, nada menos de 134 deputados estaduais do PSDB, de todo o País, desembarcam nesta segunda-feira em Brasília para um encontro nacional. A portas fechadas com o presidente do partido, José Aníbal, e os líderes na Câmara e no Senado, Jutahy Magalhães e Arthur Virgílio Neto, vão entrar em sintonia para exercer oposição consistente ao PT, partido que identificam na prática como muito distante do discurso de campanha.

A iniciativa do encontro, que encontrou a imediata receptividade no Diretório Nacional e em todas as lideranças tucanas, do Oiapoque ao Chuí, partiu, entre outros, do deputado Otávio Leite, 41 anos, líder do PSDB na Assembléia Legislativa do Estado do Rio, para quem o sentido pragmático do partido deve ser olhar sempre para frente e para o alto.

Falando a esta coluna, Leite observou que o momento é bastante favorável ao alinhamento do PSDB, que nos últimos anos havia sofrido um inchaço, o que é bem diferente de crescimento real. Segundo ele, o partido volta agora ao leito normal, em condições de desaguar com força total nas eleições do ano que vem.

HAJA COMISSÃO
A petista Jurema Batista, contrariada por não haver sido convidada para nenhuma CPI da Alerj, cuidou de inventar a sua e apresentou projeto de criação de CPI para apurar irregularidades no concurso para o ingresso de bailarinos, coristas e músicos do Teatro Municipal.

A GALOPE
Maior organizador de leilões de animais no Estado, Alexandre Todeschini reúne sábado que vem mais de 1.500 convidados em seu Haras Ginga, em Teresópolis, para leiloar 50 cavalos Pampa. O empresário espera faturar R$ 1 milhão.

PODER DE FOGO
O bispo-senador Marcelo Crivella (PL-RJ) entrará na disputa pela Prefeitura, em 2004, sem preocupação de ganhar a eleição. Como não perde o mandato, que vai até 2011, e tem votos até de não-evangélicos, mesmo não indo para o segundo turno tem cacife para apostar.

CONTA EXTERNA
O senador Aluízio Mercadante (PT-SP) garante que o Brasil deverá reduzir em US$ 20 bilhões a necessidade de dinheiro novo este ano, em função de um menor déficit em transações correntes nas contas externas do País.

SURPRESA
O embaixador Renato Luiz Rodrigues Marques, que estava em Brasília, fora sabatinado, nomeado para Kiev (Ucrânia), volta para Brasília, depois de uma temporada no Consulado em Barcelona, para onde fora exilado após uma queda-de-braço com o ex-chanceler Felipe Lampréia.

É O MÍNIMO
O vice-presidente do Senado, Paulo Paim (PT-RS), apresentou projeto fixando em US$ 100 o salário mínimo e determinando essa vinculação. Segundo ele, nenhum país do continente americano paga menos de US$ 110 de salário mínimo.

CARTÓRIO
Embora, há anos, tenha perdido o mandato de deputado estadual, Josias Ávila vem sendo reeleito presidente do Ipalerj, o Instituto de Previdência dos Deputados Estaduais.
Entre os conselheiros, estão o ex-diretor da Alerj, Carlos Dias Ferreira, e o segundo homem da Secretaria-Geral da Mesa, Jocelino Alves Cabral.

JUSTIÇA
De Marco Aurélio Mello, ministro-presidente do Supremo Tribunal Federal:
– Minha preocupação maior é aproximar o Judiciário do povo.

Inconfidências

>> Segundo o TSE, de 1945 a 2002, o número de eleitores no Brasil subiu de 7,4 milhões para mais de 115 milhões.

>> E mais: enquanto na década de 40 o número de eleitores representava pouco mais de 16% da população, no ano passado essa percentagem atingiu 65%.

>> Há casos, porém, como comprova pesquisa do deputado Rubens Otoni (PT-GO), de municípios – e muitos! – com maior número de eleitores do que habitantes.

>> A conta é do Sindicato dos Empreiteiros: as dívidas do DNER e seu sucessor DNIT, com as construtoras, chega a R$ 622 milhões.

>> Artigo 1.517 do novo Código Civil: “O homem e a mulher com 16 anos podem casar, exigindo-se autorização de ambos os pais, ou de seus representantes legais, enquanto não atingida a maioridade civil (18 anos)”.

>> Parágraf