Sindicato pede autorização das obras do metrô para auditoria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de janeiro de 2007 as 21:08, por: cdb

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo entrou na tarde desta segunda-feira com uma representação junto ao Ministério Público Estadual e outra junto ao Ministério Público do Trabalho pedindo a paralisação das obras da linha 4-amarela do metrô de São Paulo.

Os ações foram protocoladas na tarde desta segunda. Segundo o sindicato, em nota, a intenção é a de que as obras sejam paradas para que ocorra “uma auditoria técnica em toda a sua extensão, com o objetivo de dar segurança aos trabalhadores e à população, bem como para que o modelo de contratação turn key (preço fechado) seja revisto”. .

Segundo as assessorias de imprensa tanto do Ministério Público Federal quanto do Ministério Público do Trabalho, os protocolos ainda não foram distribuídos aos promotores.

As representações são conseqüência do desabamento no canteiro de obras da linha 4-amarela do Metrô, em Pinheiros (zona oeste), no último dia 12. Sete pessoas morreram no acidente. As obras pararam apenas no canteiro onde a cratera se abriu. Nas demais frentes, as obras seguem.