Silvio Pereira depõe na CPI dos Bingos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 10 de maio de 2006 as 12:56, por: cdb

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Bingos iniciou sessão nesta quarta-feira para ouvir o depoimento do ex-secretário do Partido dos Trabalhadores Silvio Pereira. Os advogados do ex-petista não conseguiram renovar o habeas corpus que o Supremo Tribunal Federal (STF) havia concedido para outro depoimento, em novembro do ano passado.

O pedido foi negadonesta terça-feira pelo ministro do Supremo Marco Aurélio. A decisão foi lida pelo presidente da CPI, senador Efraim Moraes (PFL-PB), no início da sessão.

Ao início da sessão, Pereira negou-se a assinar um termo de compromisso de que diria somente a verdade.

– Por orientação de meus advogados, não vou assinar – afirmou.

 Depois disso, o ex secretário-geral do PT informou que já não sabia exatamente o quê havia dito ao jornal O Globo. Silvio afirmou que só depôs por determinação judicial e que gostaria de estar longe de “qualquer coisa que cheirasse à política.

Sempre muito contraditório, ao ser perguntado pelo relator sobre sua declaração a respeito do plano do PT para arrecadar R$1 bilhão por meio do esquema de Marcos Valério, Silvio afirmou que não saberia dizer o que era verdade ou não na entrevista.

Pereira também se recusou a comentar as informações sobre Marcos Valério piublicadas e disse que como não leu a reportagem, não poderia comentar as informações.