Siamesas unidas pelo abdômen morrem em Papua Nova Guiné

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 22 de outubro de 2003 as 02:49, por: cdb

Duas meninas siamesas unidas pelo abdômen, nascidas há dez dias em um povoado remoto de Papua Nova Guiné, morreram na última terça-feira à noite, o jornal papuano The National.
 
As duas irmãs foram levadas de Mount Hagen, nos Planaltos do Sul, à capital Port Moresby no último domingo com a esperança de que os médicos do Royal Children Hospital, de Melbourne, pudessem fazer a separação.

Várias organizações de caridade iniciaram gestões para o transporte das meninas até a Austrália.
No entanto, o hospital de Port Moresby realizou uma série de testes e concluiu que as meninas não podiam ser operadas já que compartilhavam alguns órgãos vitais como os pulmões e o abdômen.

O coração de uma das irmãs deixou de funcionar 24 horas após ser submetido aos testes, causando a morte de ambas.