Sete novatos são convocados para a Copa das Confederações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de junho de 2003 as 17:49, por: cdb

O técnico Carlos Alberto Parreira recorreu aos jogadores que passaram pelas seleções de base do Brasil para superar as restrições que enfrentou ao formar o grupo para a Copa das Confederações.

Sete jogadores vão vestir pela primeira vez a camisa da seleção brasileira principal no torneio que acontece na França, de 18 a 29 de junho, sendo que pelo menos quatro tiveram passagem pelas categorias amadoras: Edu Dracena, Dudu, Fábio e Gil.

Os outros novatos na seleção são Maurinho, Illan e Luís Fabiano, enquanto Adriano, do Atlético-PR, disputou as Olimpíadas de Sydney.

– As seleções de base têm sido fundamentais para a seleção principal. É importante o jogador sentir o peso da seleção brasileira desde cedo. Damos uma importância enorme para quem jogou nas equipes de base, porque quando sobe, o jogador não se sente muito pressionado – disse Parreira em entrevista coletiva nesta terça-feira, ao anunciar os jogadores que atuam no Brasil.

Parreira citou o goleiro Taffarel como exemplo. Ele tinha mais de 80 jogos pelo Brasil quando foi lançado na seleção principal.

Um dos jogadores que foi recomendado pelos técnicos das divisões de base foi o volante Dudu, uma das principais surpresas da convocação para o amistoso contra a Nigéria, dia 11, e para a disputa da Copa das Confederações.

– É um talento excepcional, joga com elegância, como segundo homem do meio-campo. Os treinadores das categorias de base foram ouvidos e avalizaram a convocação. É um bom investimento que estamos fazendo porque é um atleta de raro potencial – declarou o treinador.