Sesp reinicia no fim de semana operação nas praias

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012 as 13:06, por: cdb

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Prevenção à Violência (Sesp)vai retomar as operações rotineiras de fiscalização do comércio informal naorla de Salvador. As equipes de fiscais da Sesp realizarão vistorias nas praiase calçadões da cidade a partir do próximo fim de semana (3 e 4 de março), a fimde organizar o espaço público e coibir irregularidades no comércio informal. Apróxima operação vai cobrir o trecho da orla que abrange as praias do Porto daBarra até as imediações de Stella Maris.

 

Além do ordenamento do comércio informal, os fiscais têm como funçãoorientar os ambulantes irregulares a comparecer à Sesp para regularizar suaatividade, se for possível, e apreender as mercadorias daqueles que cometemexcessos e ocupam indevidamente a via pública. “Levando em conta que na alta estaçãoas praias estão mais frequentadas por moradores da cidade e por turistas, aação Ordem na Casa se faznecessária de forma permanente, uma vez que praias desorganizadas depreciam oambiente e atrapalham os banhistas. Por isso, a retomada dessa operação seráimediata”, comenta o secretário municipal de Serviços Públicos, Marcelo Abreu.

 

Aos comerciantes autorizados a trabalhar nas praias é permitida a vendade comidas e bebidas, desde que em latas ou em garrafas de plástico. Acomercialização de bebidas em garrafas de vidro e a utilização de espetinhos demetal ou de madeira pontiaguda são terminantemente proibidas, pois essesmateriais podem representar perigo à integridade física dos frequentadores daspraias.

 

Freezers, fogões,geladeiras e botijões de gás também não são permitidos e as equipes de fiscaisdevem apreender imediatamente tais equipamentos quando utilizadosindevidamente. Os ambulantes devidamente legalizados que comercializamutilizando sombreiros, mesas e cadeiras devem respeitar o limite máximo de 15unidades por comerciante. Excedendo esta quantidade, o material será recolhidoao depósito da Sesp.