Servidores do Ibama e empresários cariocas presos pela Polícia Federal

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 1 de novembro de 2006 as 11:12, por: cdb

A Polícia Federal realiza uma operação para cumprir 24 mandados de prisão contra integrantes de uma quadrilha, formados por funcionários do Ibama e empresários, ligados a crimes ambientais no estado do Rio de Janeiro. A operação começou às 5h desta quarta-feira.

A maioria dos presos nesta já tinha sido detida na Operação Euterpe, quando 32 pessoas foram presos pelo mesmo motivo. As prisões acontecem basicamente na Zona Oeste do Rio e em Niterói. Todos estão sendo levados para a sede da PF, na Praça Mauá, Centro.

As investigações apontam que uma quadrilha formada por servidores do Ibama e empresários participaria de um esquema de propina para liberar licença ambiental para construção de imóveis em áreas protegidas por leis. Os laudos técnicos ambientais poderiam valer até R$ 90 mil.

O fiscal do Ibama Ivilson Pedro Muller, 55 anos, deu um tiro no próprio peito quando soube da presença de agentes da PF em sua residência, em Pedra de Guaratiba, na Zona Oeste, nesta madrugada. Ele foi socorrido pelos policiais e levado para o Hospital Estadual Pedro II, em Santa Cruz, também na Zona Oeste, onde está internado.