Serra está em segundo no Ibope

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de setembro de 2002 as 23:14, por: cdb

Mais do que confirmar o empate entre Ciro Gomes e José Serra no segundo lugar da disputa à Presidência da República, a pesquisa semanal do instituto Ibope, divulgada nesta terça-feira, revelou uma nova tendência entre o eleitorado: no segundo turno, o ex-ministro da Saúde passou a ser o principal adversário de Luiz Inácio Lula da Silva.

No primeiro turno, Lula, do Partido dos Trabalhadores (PT), permaneceu na liderança com os mesmos 35 por cento da semana passada. Serra, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e o quarto colocado, Anthony Garotinho, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), também mantiveram o percentual da pesquisa anterior.

Serra foi citado por 17 por cento dos entrevistados e Garotinho, por 11 por cento.

Já Ciro Gomes, do Partido Popular Socialista (PPS), perdeu quatro pontos percentuais, passando de 21 por cento para 17 por cento.

Na simulação do segundo turno, Lula derrotaria qualquer de seus adversários, mas agora teria que se preocupar mais com Serra e menos com Ciro Gomes.

Contra Ciro, diante de quem até chegou a ficar em desvantagem em levantamentos anteriores, Lula conta 48 por cento. O ex-governador do Ceará tem 38 por cento.

Se a disputa do segundo turno fosse contra Serra, Lula, segundo o Ibope, venceria por 48 a 39 por cento. Contra Garotinho, o presidente de honra do PT teria sua maior folga: 51 a 33 por cento.

A margem de erro da pesquisa é de 1,8 por cento.

Outro ponto expressivo da nova consulta do Ibope foi o aumento do número de eleitores indecisos: na semana passada, eram 10 por cento. Agora, são 14 por cento. Na corrida por cada voto, essa margem deverá ser decisiva na definição dos candidatos que disputarão o segundo turno.

Já os votos brancos e nulos somam cinco por cento.

O Ibope ouviu 3.000 eleitores entre 31 de agosto e 2 de setembro em 211 municípios brasileiros.