Serpro apresenta sistema de controle digital do novo passaporte brasileiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de novembro de 2005 as 20:26, por: cdb

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) apresentou à Polícia Federal, nesta segunda-feira, o sistema de controle digital do novo passaporte brasileiro, um dos 16 itens de segurança que levaram à mudança do documento. O sistema vai permitir um maior controle do tráfego internacional no país e será instalado nos aeroportos, portos, postos de fronteira e representações do país no exterior, integrado à Polícia Federal brasileira e à polícia internacional, a Interpol.

Há dois anos, o Serpro trabalha no desenvolvimento do Sistema Nacional de Passaportes (Sipa) e do Sistema de Trafego Internacional (STI), a fim de registrar a saída e entrada de brasileiros e estrangeiros no país. Hoje foi apresentado o protótipo desses sistemas, que está em fase de licitação dos equipamentos. Segundo o superintendente de Negócios Estratégicos do Serpro, Wilton Mota, a polícia aprovou os sistemas, mas fez algumas observações como, por exemplo, “a de que a mensagem de alerta de procurados esteja mais visível”.

Os sistemas também poderão evitar a falsificação do passaporte. Além da leitura digital, o novo documento trará fotografia digitalizada, código de barras bidimensional, fundo com impressões invisíveis, papel reativo a produtos químicos e tintas especiais.

O Sipa e o STI estão sendo desenvolvidos em Recife (PE) e começarão a ser implantados em janeiro, quando a Polícia Federal passará a emitir o novo passaporte. A expectativa é de que até meados de 2006 os mais de cem pontos de fronteira já estejam operando com o novo sistema.