Sergipe não terá CPI do Fundef

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 9 de outubro de 2003 as 04:18, por: cdb

O líder do governo de Sergipe na Assembléia Legislativa, deputado Venâncio Fonseca (PP), anunciou na sessão da última quarta-feira que a bancada governista não indicará os cinco deputados necessários para compor a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Fundef.

A comissão foi criada para apurar denúncias de irregularidade no uso de recursos do Fundo de Manutenção e de Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef) em mais de 50 das 75 prefeituras do Estado. A maioria dos prefeitos denunciados são ligados ao governador João Alves Filho (PFL).

A Comissão foi criada a partir de um requerimento da deputada estadual Ana Lúcia Menezes (PT), que afirmou estar indignada com a decisão dos seus colegas de parlamento.

– Isso que aconteceu aqui hoje é uma vergonha para Sergipe, é uma prova de que o Governo do Estado não respeita o Parlamento e passa por cima de todos. Isso é uma prova de que a Educação não merece sequer o mínimo de atenção do governo – criticou.

– Os 16 deputados que apóiam o governador e que não quiseram a CPI do Fundef que se responsabilizem perante os educadores, estudantes, pais de alunos e a sociedade sergipana – protestou Ana Lúcia.