Serasa indica que atraso no pagamentde dívidas de empresas diminuiu em fevereiro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 28 de março de 2011 as 09:06, por: cdb
inadimplencia
cheques sem fundo aumentaram em 3,5%

O atraso no pagamento das dívidas das empresas brasileiras caiu em fevereiro, pela segunda vez seguida, ficando 1,4% inferior ao resultado de janeiro, segundo levantamento Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas. No entanto, comparando-se o acumulado do primeiro bimestre deste ano com igual período do ano passado, constatou-se aumentou de 2,7%.

Essa elevação foi causada por um maior número de dias úteis nos dois primeiros meses deste ano, segundo análise dos economistas da empresa de consultoria Serasa. Eles atribuíram o bom desempenho na variação mensal à atividade econômica ainda aquecida em alguns segmentos e pela maior oferta de crédito para capital de giro e investimentos.

O número de títulos protestados teve redução de 7,9%. Já os cheques sem fundo aumentaram em 3,5% e as dívidas que deixaram de ser pagas aos bancos nas datas determinadas em contrato cresceram 2,2%. Na média, incluindo todos os tipos de dívidas, as micro e pequenas empresas apresentaram queda de 1%, as de médio porte, 6% e as grandes 6,5%.

Comparado com fevereiro de 2010, foram registrados aumento na inadimplência de 7,9% nas micro e pequenas, 8,5% nas médias e 18,9% nas grandes.