Será de US$ 14 bilhões o novo acordo do Brasil com FMI

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 5 de novembro de 2003 as 19:23, por: cdb

O novo acordo do Brasil com o Fundo Monetário Intrernacional (FMI) será de US$ 14 bilhões. A informação é do ministro da Fazenda, Antonio Palocci. Segundo ele, o Brasil não irá sacar a última parcela de US$ 8 bilhões do acordo em vigor, para somá-la a mais US$ 6 bilhões, que deverão fazer parte do novo acordo, que deverá ser assinado em dezembro, informou o ministro.

Palocci disse que o novo acordo terá vigência de um ano. “Não queremos sacar os recursos. Queremos apenas garantir uma apólice de seguro”.

Segundo o ministro, o acordo é de caráter preventivo e será uma alternativa para reforçar ainda mais as tendências de crescimento da economia brasileira. “Felizmente temos à frente um período de crescimento econômico”, afirmou Palocci.