Sequestro de estudante em Salvador já dura mais de quatro horas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de março de 2007 as 20:03, por: cdb

Uma estudante está sendo mantida há mais de quatro horas como refém de Ivanilson Souza em uma clínica de exames laboratoriais em Salvador (BA). Cerca de cem policiais estão no local negociando a libertação da garota e afastando os curiosos de plantão. Souza ainda não fez nenhuma exigência para libertar a jovem.

Mais de 50 homens da Companhia de Ações Especiais do Esquadrão Águia e da Equipe de Patrulhamento Aéreo da PM também foram acionados.

Talita Farias, de 20 anos, está sendo mantida presa no banheiro da clínica. A negociação está sendo feita pelo telefone celular do próprio agressor, que ainda não revelou as exigências para a libertação da refém.

Ele apenas garantiu aos parentes que não está armado, mas, por precaução, a polícia não arrombou a porta do banheiro.