Senadores anunciam conclusão da reforma do Judiciário para este ano

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 21 de outubro de 2002 as 09:28, por: cdb

A proposta de emenda à Constituição que trata da reforma do Judiciário será votada até o dia 15 de dezembro, em homenagem ao senador Bernardo Cabral (PFL-AM), relator da proposta, que não conseguiu se reeleger ao Senado Federal, nas últimas eleições. O acordo foi feito entre as lideranças dos blocos do Governo e das oposições.

Na última reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), dia 9 deste mês, os senadores decidiram aprovar emenda do senador Eduardo Suplicy (PT-SP), que impõe a “quarentena” no Judiciário para “evitar a contaminação política entre os juízes”.

Antes de a emenda ser encaminhada para votação ao plenário, Bernardo Cabral terá de apreciar, e a CCJ votar, 133 emendas a proposta. Aprovada em plenário, como foi modificada no Senado, a proposta retorna à Câmara dos Deputados, onde tramitou durante 10 anos.