Senado recebe fórum para debater políticas públicas voltadas à saúde da mulher

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 27 de março de 2012 as 15:42, por: cdb

Da Agência Brasil

Brasília – Depois de passar por quatro cidades (Rio de Janeiro, São Paulo, Belém e Florianópolis), o Fórum Saúde da Mulher no Século 21 – Avanços e Desafios chegou hoje (27) ao Senado Federal. O encontro discute temas caros às mulheres, como o enfrentamento de doenças como câncer de mama e de colo do útero, HIV e doenças sexualmente transmissíveis (DST).

A secretária de Promoção da Igualdade Racial do Distrito Federal, Josefina dos Santos, em discurso, reclamou da falta de representação racial na fórum. Segundo a secretária, há poucas politicas voltadas para as mulheres negras, índias e ciganas. “A saúde é um direito humano, todos devem ser representados aqui”.

Durante o fórum, a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, recebeu o prêmio Destaque em Saúde Ação Responsável, pelo trabalho em prol da inserção da vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV) no calendário de vacinação do Sistema Único de Saúde (SUS). “É importante vacinar todas essas meninas, para que, antes de iniciar a vida sexual, elas possam estar protegidas”, disse a ministra.

Participaram do fórum estudantes da área de saúde, representantes do governo, de universidades e organizações não governamentais ligadas às questões de saúde e gênero, além da coordenadora da Saúde da Mulher da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Ximena Pamela Bermúdez.

Edição: Vinicius Doria