Senado faz reunião para pedir investigação no caso dos grampos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 18 de março de 2003 as 18:49, por: cdb

Foi iniciada, no início da noite desta terça-feira, a reunião do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado Federal que irá apreciar o pedido de abertura de uma investigação preliminar para apurar a responsabilidade do senador Antonio Carlos Magalhães (PFL-BA) no caso dos grampos telefônicos na Bahia.

O nome do senador Demóstenes Torres (PFL-GO), indicado por seu partido para ocupar a vice-presidência da Comissão, foi acolhido por 13 dos 15 componentes.

A presidência, ocupada pelo senador Juvêncio da Fonseca (PMDB-MS), já havia sido acertada na semana passada. O senador Romeu Tuma (PFL-SP), como corregedor do Senado, exerce também essa função na comissão.