Semed promove Oficina de Formação de Mobilizadores pela Educação

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 2 de março de 2012 as 08:11, por: cdb

A secretaria municipal de Educação (Semed) iniciou na manhã desta sexta-feira (02/03/2012), a oficina de Mobilizadores Sociais pela Educação. O evento, que ocorre no auditório do Colégio São José e São Geraldo até às 17h30 reúne profissionais da Semed, da Superintendência Regional de Ensino, além de centenas de educadores das escolas estaduais e municipais de Divinópolis, e representantes da sociedade civil.

A oficina faz parte do Plano de Mobilização Social pela Educação (PMSE), e oferece orientações às lideranças sociais para realização de ações em prol da educação. O objetivo é garantir o direito do aprendizado, tendo como foco as famílias, órgãos, conselhos e entidades de proteção.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Eliana Cançado, esta é a terceira edição em Divinópolis. “A mobilização social pela educação foi criada pelo MEC desde 2008. Tomei conhecimento em 2010, através de um encontro em Belo Horizonte, e desde então manifestamos o desejo de trazer para Divinópolis. Já tivemos dois encontros, e obtivemos grande êxito na edição do final do ano passado, e vamos continuar porque o objetivo da mobilização social pela educação é atingir toda a sociedade, e a educação de boa qualidade é direito de todos. Este programa visa o chamamento de toda sociedade para que unam forças em prol da educação do município”, salientou.

O palestrante do evento e consultor do Ministério, Sérgio Benedito Maia, que participou da última oficina de mobilização em Divinópolis, lembra que seu retorno ao município vem em um importante momento para a educação em Divinópolis. “Mobilização social já existe, mas pela educação é a primeira vez que acontece no Brasil, e tem como objetivo a melhoria da educação, a interação entre família, escola e comunidade, e a melhoria IDEB”, disse. “Vejo que, na educação aqui o IDEB é alto, já beira a 6. A educação é muito articulada, tanto que estamos voltando, que não é hábito voltar no mesmo município, mas a gente está voltando pela qualidade e estruturação daqui, pra fechar e consolidar a mobilização social em Divinópolis”, enalteceu.