Semáforos: sincronização avançará em cinco etapas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012 as 14:12, por: cdb

O presidente da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito), Paulo Porsch, reuniu a imprensa cascavelense nesta quarta-feira (29) para falar sobre o processo de sincronização dos cerca de 150 semáforos existentes na cidade. Ele detalhou as etapas de realização do serviço e dos investimentos que ainda serão efetuados para o completo funcionamento da chamada Onda Verde.

Todo o processo foi iniciado nesta semana com a atualização do software que estava instalado havia 14 anos em Cascavel. As equipes da empresa Dataprom, responsável pelo processo, estão a campo para fazer uma completa avaliação do sistema, estudo do fluxo veicular e a reprogramação do sistema. “Todo o processo ocorrerá em cinco etapas. Pela previsão que temos, toda a implantação da sincronização será encerrado no final do mês de março”, comentou Paulo Porsch.

A contratação da empresa representa uma economia para os cofres públicos. “O prefeito Edgar Bueno autorizou o investimento de R$ 350 mil, que compreende a aquisição do novo software, novo computador, toda a mão de obra, treinamento de nossa equipe e a compra de chips para uma melhor comunicação dos semáforos com a central de controle. Uma pesquisa de mercado nos mostrou que qualquer outro produto nesta área custaria o dobro”, relatou.

Benefícios
O sistema de sincronização dos semáforos vai beneficiar os motoristas que transitam pelas ruas de Cascavel. Desde que respeitada a velocidade permitida em cada uma das vias, os veículos passarão por toda uma linha de tráfego sem a necessidade de parar em cada cruzamento.

Aeroporto
Durante a coletiva Paulo Porsch também esclareceu alguns assuntos relacionados ao Aeroporto de Cascavel. Sobre as reuniões realizadas em Brasília, ontem (28), o presidente disse estar esperançoso de uma resposta positiva da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).

“A direção da Anac nos prometeu uma resposta em breve, com a reabertura do processo que foi suspenso na semana passada. Na Infraero, tivemos notícias positivas sobre o repasse de um caminhão AP-2 dentro do prazo de até seis meses, além de uma conversa do deputado estadual Andre Bueno para que o Governo do Estado faça a doação de dois caminhões, tudo para termos melhores condições de segurança”.

O presidente também informou que a empresa Voe Flex, responsável pelo controle de voos no aeroporto, já está providenciando a instalação de um novo altímetro – aparelho que auxilia em pousos e decolagens -, o que deverá ocorrer na próxima semana.