Sem-terra mantêm dois funcionários reféns em fazenda do Pará

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de janeiro de 2005 as 17:10, por: cdb

Um grupo de sem-terra mantém como reféns dois funcionários da fazenda Pampulha, em Canaã de Carajás, no Pará. Ricardo Couto e Sebastião Gomes foram aprisionados pelos integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) como forma de protesto por estarem cortando árvores. O dono da fazenda disse que os dois estavam preparando o local para o plantio de capim.

O MST só vai sair da fazenda sob ordem judicial ou depois de fazer um acordo para definir o limite entre a fazenda e o acampamento.