Seja sexy sem ser vulgar

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 23 de março de 2003 as 15:51, por: cdb

Ninguém fica esbanjando sensualidade vinte quatro horas por dia, mas existem momentos especiais que um pouco de sedução facilita contatos.
As baladas noturnas exigem um figurino mais insinuante… Mas atenção: o sexy pode ser uma armadilha.

O que veste os corpinhos esguios de manequins ninfetas nas passarelas e atrizes fatais nem sempre funcionam com a mesma precisão na vida real. O que pode ser sexy na proposta acaba se vulgarizando na prática. Ser sexy não significa ter curvas alucinantes. A atitude, uma maneira de olhar, um sorriso, a maquiagem e a roupa certa são o que mais contam.

Lembre-se: sensualidade rima com simplicidade, com formas limpas que mostram o melhor do seu corpo.

Algumas Dicas

Use

· Pouca maquiagem e acessórios. Boca com cor natural ou com brilho
· Cabelos naturais
· Cor preta, branca e vermelha (juntas ou separadas)
· Sapato ou sandália alta e botas
· A mistura de peças estilo masculino com itens super femininos (exemplo: terninho com salto alto, sutiã ou top bordado)
· Alça do sutiã aparecendo. Mas não pode ser qualquer sutiã, o modelo deve merecer o destaque
· Detalhes brilhantes
· Meias pretas finas
· A lingerie certa

Roupas e estampas que são eternamente sensuais

· Roupas insinuantes
· Roupas ajustadas (não coladas)
· Pernas a mostras, sem meias
· Calça jeans justa no corpo
· Camisa branca com alguns botões abertos aparecendo o decote do sutiã
· Roupas de couro
· Blusa curta
· Saias e vestidos curtos
· Camiseta branca e preta
· Detalhe de estampa animal
· Roupas que mostrem a barriga (em quem pode mostrar)
· Peças insinuantes
· Decotes generosos (tomara que caia, frente única, costas de fora, “V”)
· Fendas na frente das saias
· Transparências, restritas para quem está com o corpo em forma. Na dúvida, use lingerie cor da pele velando a nudez Insinuar pode ser mais excitante que mostrar.
· Tecidos levemente transparentes como as cambraias, georgetes, sedas, cetins, malhas de algodão, malhas fluidas diretamente sobre a pele
· Roupas tom de pele
· Vestidos e saias com caimento no viés do tecido

Evite

Um passo para a vulgaridade

· Cabelos loiros forçados (especialmente quando a sobrancelha é escura)
· Maquiagem carregada
· Detalhes exagerados e desnecessários que só criam volume do corpo
· Meias arrastão com sandálias
· Meia “cor da pele” em tom de “Band-aid”
· Cabelo desleixado ou arrumado demais
· Acessórios inadequados para a ocasião. Na dúvida, opte pela neutralidade ou evite-os. Em muitos casos, menos pode ser mais
· Sapatos fechados com roupas decotadas
· Perfume em excesso
· Visual estereotipado, tipo mulher fatal

Roupas de gosto duvidoso

· Modelagens ajustadas nos quilos acima do peso ideal
· Calça bailarina ou stretch apertada com a marca da calcinha aparecendo
· Overdose de estampas animais
· Cores vivas em tecidos baratos
· Marcas de bronzeado da alça do biquíni aparecendo no decote
· Saias com fendas altas nas costas, destacando a parte de trás dos joelhos
· Microsaia e shortinho em pernas cheinhas. Nestes casos, uma saia longa ou calça em tecido brilhantes cria melhor efeito
· Decotes incômodos
· Tomara que caia em braços e ombros gordinhos