Seis pessoas morrem em passagem de furacão pelo México

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 24 de setembro de 2003 as 01:46, por: cdb

O furacão Marty, o segundo a atingir a península mexicana da Baixa Califórnia em menos de um mês, deixou seis mortos, dez desaparecidos e mais de 10 mil desabrigados, além de grandes danos na infra-estrutura urbana e nas estradas da região.

Marty, que passou a tormenta tropical na  última terça-feira, provocou inundações que arrastaram quatro pessoas que atravessavam um riacho de carro.
 
Segundo a agência mexicana Notimex, outra morte foi provocada pela queda do telhado de uma casa. A sexta vítima fatal foi atingida por uma árvore em Sinaloa.

– Entre os mortos está Francisco Mendoza, delegado da Procuradoria Federal do Consumidor (Profeco) na Baixa Califórnia Sul, que teve seu veículo arrastado pelas águas – revelou um funcionário do governo federal.

No vizinho estado de Sonora, o Marty provocou o desaparecimento de seis pessoas que caíram de um barco quando chegavam ao cais do balneário de Guaymas, na última segunda-feira.
 
O prefeito de Guaymas, Carlos Zatarain, disse que os 88 abrigos montados na região têm mais de 10 mil pessoas, que permanecem nestes centros com medo de deslizamentos de terra, apesar do fim das chuvas.

O Marty, que perdeu força e se transformou em tormenta tropical na segunda-feira, após tocar a Baixa Califórnia, estava na noite da última terça-feira a 115 km a sudoeste de Puerto Peñasco Sonora, deslocando-se em direção norte-noroeste a 6 km/h, com ventos de firmes de 45 km/h e rajadas de 65 km/h, segundo o Serviço Meteorológico Nacional (SMN).

Este foi o segundo furacão a atingir a região, após a passagem do Ignacio no final de agosto. Em La Paz, capital da Baixa Califórnia Sul, pelo menos 6 mil pessoas tiveram que abandonar suas casas devido ao risco de inundações, e o fornecimento de água e energia elétrica foi suspenso temporariamente em várias zonas.

No resto do Estado, outras 4 mil pessoas dormiram em abrigos montados pelo governo como medida de precaução. A Baixa Califórnia Sul amanheceu na terça-feira com centenas de casas inundadas, o cais de La Paz parcialmente destruído, sérios danos nas estradas e dezenas de árvores e postes caídos.