Seis guerrilheiros separatistas islâmicos morrem na Chechênia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de janeiro de 2005 as 07:23, por: cdb

Pelo menos seis guerrilheiros separatistas islâmicos morreram durante uma operação das tropas federais russas no sudeste da Chechênia, informou, nesta sexta-feira, o general Ilia Shabalkin, porta-voz do comando militar russo no Cáucaso Norte.

Em declarações à agência Interfax, Shabalkin falou que as forças russas detectaram e atacaram um acampamento guerrilheiro na região montanhosa de Nozhai-Yurt, junto à fronteira com o Daguestão, outra república russa, sem precisar quando aconteceu a operação.

– Foram aniquilados seis bandidos. Por seu aspecto, dois deles parecem ser oriundos de países árabes. Não tinham documentos. – disse o porta-voz militar.

Segundo o comando russo, nas filas da guerrilha chechena combatem por volta de 200 mercenários, em sua maioria provenientes de países do Oriente Médio e da Turquia.

No acampamento guerrilheiro desmantelado, os soldados russos acharam um lança-granadas automático, cinco lança-granadas de mão, 50 granadas, seis metralhadoras de mão, 17 fuzis automáticos, 1.500 projéteis e 2,4 quilos de explosivos de alta potência.