Seis cidadãos russos morrem em acidente de avião

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 9 de janeiro de 2005 as 13:58, por: cdb

As autoridades de Uganda confirmaram, neste domingo, que o avião russo que levava ajuda humanitária e caiu no sábado perto de Campala era tripulado por seis cidadãos russos.

O aparelho, um Antonov-12 que pertence a uma companhia privada, estava carregado com 22 toneladas de ajuda humanitária destinada à República Democrática do Congo (RDC), e tinha previsão de aterrissar na sua capital, Kinshasa.

A queda aconteceu ao meio-dia próximo à vila de Bukalaza, a 30 quilômetros da capital ugandense, pouco após ter informado sobre uma falha técnica à torre de controle do aeroporto de Entebbe.

O piloto do avião foi identificado como Vladimir Emelyanov e o co-piloto como Vipality Smetankir. As outras quatro pessoas que estavam no avião também eram russas, mas suas identidades não foram reveladas no comunicado oficial divulgado hoje.

A carga do avião incluía dois veículos, comida e camisetas, com um peso total de 22 toneladas, duas toneladas acima da capacidade de carga máxima da maioria dos Antonov 12.

O avião era operado pela empresa Service Air, registrada na RDC, e tinha chegado ao aeroporto de Entebbe na sexta-feira passada, vindo do povoado congolês de Goma.

Fontes do aeroporto de Entebbe disseram que, ao aterrissar ali na sexta-feira, a tripulação informou sobre problemas técnicos no avião, mas ainda assim o dono da empresa ordenou que eles fossem para Kinshasa para fazer reparos na capital congolesa.