Seguridade discute formas de aprimorar combate à tuberculose

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 05:21, por: cdb

A Comissão de Seguridade Social e Família realizará audiência pública nesta terça-feira (27) para discutir formas de intensificar o combate à tuberculose. O debate integra a programação relativa ao Dia Mundial de Combate à Tuberculose, comemorado em 24 de março.

A audiência foi proposta pelo deputado Antonio Brito (PTB-BA). “O Brasil é responsável por 80% da carga de tuberculose no mundo. Possui um coeficiente de incidência de 37,2 casos por 100 mil habitantes e uma taxa de mortalidade de 2,5 óbitos por 100 habitantes, que equivalem a 71 mil casos novos e 4.600 mortes ao ano, respectivamente. É a principal causa de morte entre as pessoas que vivem com HIV/aids”, disse ele.

O deputado afirmou ainda que a tuberculose demonstra relação direta com a miséria e a exclusão social. “A realização da audiência tem por objetivo dar visibilidade à tuberculose como problema de saúde pública no Brasil. Esperamos sensibilizar o Congresso acerca das questões que envolvem o controle da tuberculose no Brasil e as estratégias para alcançar as populações mais vulneráveis”, acrescentou.

Foram convidados:
– o secretário-executivo do Fórum ONGs Tuberculose (RJ), Carlos Brasília;
– o vice-presidente do Grupo de Apoio à Prevenção da Aids no Rio Grande do Sul (Gapa/RS), Carlos Alberto Ebeling Duarte;
– o presidente da Fundação Ataulpho de Paiva (RJ), Germano Gerhardt Filho;
– o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa.

A reunião será realizada às 14h30, no Plenário 7.

Da Redação/WS