Secretário diz ter saído para preservar Receita

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 4 de outubro de 2003 as 13:31, por: cdb

O ex-secretário-adjunto da Receita Federal, Leonardo de Andrade Couto, explicou neste s ábado as razões do seu pedido de demissão apresentado na noite desta sexta-feira. Emocionado, contou ter se afastado do cargo para preservar a Receita Federal, o Ministério da Fazenda e a Presidência da República.

Esta semana, foram anunciadas ações da Polícia Federal e da Corregedoria da Receita que investigam casos de fraude na Receita e no INSS no Rio de Janeiro, de agentes que, em troca de propina, reduziam multas a empresas em situação irregular. Nessa sexta-feira foi divulgada gravação telefônica entre Leonardo e o auditor fiscal da Receita Federal, Flávio Franco. Na conversa, Flávio faz menção “dar um tiro” no corregedor da Receita, Moacir Leão, responsável pelas investigações da participação de funcionários da Receita no esquema de fraude.

Hoje, na entrevista, Leonardo disse que a conversa foi gravada há mais de três meses e assegurou que ela não tem conexão com os fatos investigados no Rio de Janeiro.