Secretário diz que mais de 3,5 mil iraquianos foram detidos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de março de 2003 as 16:09, por: cdb

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Donald Rumsfeld, disse nesta terça-feira que há mais de 3.500 prisioneiros de guerra iraquianos – informação não confirmada até o momento pelo governo de Saddam Hussein.

Segundo ele, a guerra aproxima-se de sua etapa final: a tomada da capital iraquiana, Bagdá. Os Estados Unidos afirmam que seus soldados estão a cerca de 100 quilômetros da cidade. O chefe do Estado-Maior, general Richard Myers, destacou que o avanço aconteceu em “menos de seis dias de campanha em terra”.

Quanto a Basra (sul do país), o secretário afirmou que a resistência tem sido conduzida por milícias, e não pelo povo. “Os iraquianos têm sido mortos por seu próprio governante. Não acredito que eles se oponham à ação”, disse.

“A maioria das pessoas em Basra deve estar feliz com nossa presença”, disse Myers.

“Essa campanha pode se tornar mais perigosa a medida que chegamos próximos de Bagdá”, disse Rumsfeld.

Ele enviou um recado aos comandantes iraquianos: “Não conduzam seus homens à morte por um regime condenado”.