Secretário de Justiça dos EUA proíbe reunião pelo ‘orgulho gay’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 6 de junho de 2003 as 19:50, por: cdb

O secretário da Justiça dos EUA, John Ashcroft, um conservador declarado, proibiu uma reunião do “orgulho gay” na sede do Departamento de Justiça, denunciou nesta sexta-feira o grupo homossexual DoJ Pride.

A organização, que inclui centenas de membros do pessoal do Departamento de Justiça, faria seu encontro anual em 18 de junho.

Melissa Schraibman, membro do grupo, afirmou que Ashcroft proibiu a “cerimônia anual do orgulho” no edifício do Departamento em Washington.

O cancelamento é “definitivamente uma surpresa”, declarou Schraibman. Todos os preparativos do evento, que aconteceria no hall principal do órgão, já estão terminados.

Segundo Schraibman, a proibição “responde à nova política do Departamento de não permitir as comemorações a menos que estejam apoiadas por uma ordem do presidente”.

– Isto é algo que não tínhamos escutado antes. Ainda não existe por escrito – acrescentou.

Schraibman garantiu que outros funcionários do Departamento, pertencentes a grupos étnicos ou outros interesses especiais, continuam usando o prédio para seus encontros.

“É, sem dúvida, uma posição discriminatória”, afirmou Schraibman, que trabalha na divisão de impostos deste organismo.

Um porta-voz do Departamento de Justiça procurado negou-se a comentar a decisão.