SECRETARIA DE TURISMO DO ESTADO LIBERA R$ 7,5 MILHÕES PARA PAVIMENTAÇÃO DE 50 RUAS NA ÁREA CONTINENTAL

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de março de 2012 as 13:15, por: cdb

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Manutenção Viária de São Vicente, Leo Santos, assinou ontem (29/02), no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, representando o prefeito Tercio Garcia, o convênio que disponibilizará R$ 7,5 milhões por parte do Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias (Dade) para obras de drenagem e pavimentação da Área Continental da Cidade.
O recurso liberado pela Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, à qual está subordinado o Dade, permitirá, segundo o secretário da pasta estadual, Márcio França, a pavimentação e drenagem de 80% das ruas do continente. “São ruas importantes que facilitarão o acesso de moradores e turistas. Um ganho para o futuro da Primeira Cidade do Brasil”, disse o ex-prefeito e também deputado federal Márcio França.
Serão pavimentadas e dotadas de sistema de drenagem mais de 50 ruas do continente que dão acesso a turistas que vem da Capital e do Sul do País pela Rodovia Padre Manoel da Nóbrega em direção às praias e demais pontos turísticos de São Vicente.
Segundo o secretário Leo Santos, os bairros que terão ruas atendidas com os recursos são Jardim Rio Branco; Jardim Irmã Dolores (Quarentenário e Vila Ponte Nova); Jardim Rio Negro; Vila Samaritá; Nova São Vicente; Vila Ema; Parque Continental; Parque das Bandeiras Gleba I e Gleba II.
A expectativa do secretário Leo Santos é iniciar as obras o mais rápido possível. “A ordem do prefeito Tercio Garcia é começar imediatamente. Publicado o edital, acredito que começamos dentro de 15 dias”, disse Leo.
A Prefeitura de São Vicente já pavimentou 174 ruas da Área Continental, além dos investimentos em saúde, educação e infraestrutura realizados nos últimos anos. A região atrai cada vez mais moradores e duas empresas ligadas ao Pré-Sal já se instalaram no continente. No começo dos anos 1980, a região abrigava perto de 12 mil habitantes e hoje já ultrapassa os 100 mil. Na semana passada 500 moradias populares foram entregues pela Prefeitura em parceria com a Caixa Econômica Federal (CEF).