Schumacher: ‘ainda não estamos enfrentando uma crise’

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 24 de março de 2003 as 17:24, por: cdb

O alemão Michael Schumacher, pentacampeão mundial de Fórmula 1, alertou nesta segunda-feira seus adversários nas pistas para não tirar “conclusões erradas” do fato de não ter ido bem nos GPs da Austrália e da Malásia, os dois primeiros da temporada de 2003.

No domingo passado, Schumacher chegou em sexto lugar no GP da Malásia, ficando fora do pódio pela segunda vez desde o GP de Monza, de 2001, já que terminou em quarto lugar na Austrália, na prova de abertura do campeonato.

“A gente não deveria tirar as conclusões erradas de corridas que não foram perfeitas”, disse o piloto da Ferrari em seu site na Internet. “Nós não estamos ainda enfrentando uma crise, absolutamente não…”.

Schumacher admitiu ter cometido erros e disse que estes contribuíram para suas atuações abaixo da média dos últimos anos.

“Houve circunstâncias especiais nessas corridas e meus erros não ajudaram, é claro. Haverá corridas em que outras equipes terão vantagens e haverá corridas em que a vantagem será nossa”, acrescentou.

Schumacher, que venceu 11 dos 17 GPs da temporada passada, disse que seria pretensioso acreditar que “haverá uma repetição de 2002”.

“Nós nunca acreditamos nisso”, completou.