SBT pode ser punido pelo Ministéio das Comunicações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 1 de outubro de 2003 as 12:41, por: cdb

O Ministério das Comunicações está investigando se há reicindência do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) que caracterize a incitação ao crime, em seus programas. “Tenho a impressão que há reicindência”, observou o ministro MiroTeixeira, ao divulgar a informação.

Miro Texeira defendeu penalidade para a emissora, que em setembro exibiu no programa “Domingo Legal”, apresentado por Gugu Liberato, uma entrevista forjada com supostos membros de uma organização criminosa. “Com o conhecimento que já se tem não imagino qualquer impunidade”, destacou o ministro, lembrando que as punições vão de uma simples advertência até um processo judicial para a revogação de concessão.

Ele explicou que o processo seria administrativo, caso o SBT estivesse pleiteando a renovação de concessão, o que não é o caso. Miro disse também que prefere aguardar a conclusão das investigações sobre o caso, mas adiantou que é contra a suspensão do programa. “Suspender o programa não é o que me agrada”, afirmou.

Na avaliação do ministro, é estranho que a discussão sobre o ocorrido se concentre apenas no fato de ter sido uma farsa. Para ele, se não fosse armação daria ao bandido mais oportunidade ainda de ação.

Acrescentou que atualmente, quando a população está cada vez mais atemorizada pelo crime, “não pode um meio de comunicação fortalecer uma organização criminosa”.