Saúde promove ações na Praça Nereu Ramos para combate à Hanseníase

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de janeiro de 2012 as 11:40, por: cdb

Nesta quinta-feira (26/1), a Secretaria da Saúde promoverá atividades educativas na Praça Nereu Ramos, das 9h às 15h, para enfatizar a importância do combate à Hanseníase. Comemorado oficialmente em 31 de janeiro, o Dia Mundial de Combate à Hanseníase alerta para os cuidados com essa doença que já atravessa mais de dois mil anos. Só em 2010, o Brasil registrou 34.894 casos, o que lhe conferiu o 2º lugar do mundo com mais número de doentes.

A Hanseníase é causada pelo bacilo Mycobacterium leprae transmitido pelas vias respiratórias do doente. O diagnóstico da doença é baseado em características como lesão de pele,alterações de sensibilidade, manchas e caroços no corpo, espessamento de nervos e baciloscopia positiva. É possível conviver com o portador da doença desde que as pessoas se previnam com a vacina BCG, o que evita a forma contagiante da doença.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estabeleceu que a duração do tratamento varia de acordo com a forma da doença: seis meses de duração para a forma não transmissível (Paucibacilar) e um ano para as formas contagiantes (Multibacilar). Segundo a coordenadora da Unidade Sanitária, Halina Temóthio, Joinville tem 30 pacientes em tratamento, sendo nove mulheres e 21 homens, além de 20 pacientes em acompanhamento após o término do tratamento por apresentarem reação hansênica. “A Hanseníase tem cura”, afirma a coordenadora. “O tratamento é realizado na Unidade Sanitária e os medicamentos são fornecidos gratuitamente aos pacientes, que são acompanhados por uma equipe multidisciplinar”, destaca. O modo de prevenção é o diagnóstico precoce, que reduz as chances das deformidades oriundas da falta de tratamento.

Halina ainda acrescenta que Joinville está investindo na qualificação dos profissionais e no diagnóstico precoce da doença. “Neste ano capacitaremos os profissionais dos postos de saúde para ampliar o acesso ao diagnóstico da Hanseníase”, confirma. Além das atividades de entrega de materiais educativos e avaliações na Praça, as unidades de saúde também distribuirão materiais sobre a doença.

Contato imprensa:

Dyorgia Danielly da Rosa Bogo
Assessoria de Imprensa
Secretaria Municipal de Saúde – Joinville/SC
(47) 3481-5192 / 3481-5120