Saúde e Santa Lúcia discutem melhoria no atendimento

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 14:43, por: cdb

Saúde e Santa Lúcia discutem melhoria no atendimento

28/02/2012 – 17:34

  

 Marco Aurélio Capitão
 

Com o objetivo de estreitar a relação entre a Secretaria Municipalde Saúde e a comunidade da região do Santa Lúcia, foi realizada na manhã desta terça-feira, dia 28 de fevereiro, uma reunião entre o secretário da Pasta, Fernando Brandão, trabalhadores, usuários, representantes do Distrito de Saúde Sudoeste de Saúde e membros Conselho Local de Saúde do Centro de Saúde (CS) Santa Lúcia. 
 

Entre os temas abordados, estiveram desde a dificuldade tanto para contratar médicos como para fixá-los nas unidades básicas até a necessidade de ampliar o espaço para estacionamento de veículos de profissionais e pacientes da unidade.

 

Segundo a apoiadora do Santa Lúcia, Luciana Gonçalves, é importante ouvir o secretário sobre questões específicas do CS. “Temos algumas antigas reivindicações e precisamos que o secretário tome ciência e nos dê uma posição sobre as medidas necessárias”, afirmou.

 

Falando dos problemas, Luciana conta que a unidade chegou a ficar um mês sem clínico geral, o que gerou reclamação dos usuários e transtorno aos trabalhadores. “Sabemos que a Prefeitura está tomando providências, os concursos estão em andamento, e queremos o compromisso de que o Santa Lúcia vai ser contemplado e de que haverá estímulo para que esses profissionais criem vínculo com a comunidade”, avaliou a apoiadora.

 

Brandão apontou que neste dia 30 de março será homologado o resultado do concurso referente ao edital 005/2001, que convocará 157 médicos para diversas especialidades. A medida permitirá, por exemplo, o preenchimento de 60 vagas para Medicina de Família e Comunidade e 29 para Clínico Geral.

 

Importante lembrar que não temos outra alternativa para contratar médicos senão o concurso público. Antes havia a alternativa emergencial do Cândido Ferreira, agora o caminho é o concurso público”, alertou Brandão.

 

Gratificações facilitarão fixar o médico nas unidades

 

Dentre os problemas relacionados à dificuldade de fixação de médicos nas unidades básicas de Saúde, o secretário cita diferença de salário pago pelo serviço público e pela iniciativa privada. “Por isso – esclarece – já estamos ampliando as gratificações do Índice de Condição de Vida (ICV) para que o profissional médico seja estimulado a trabalhar nos centros de saúde que sofrem mais com esse problema”.

 

Conforme explica, “simplesmente aumentar o salário do médico é uma saída complicada, pois isso geraria uma reivindicação em cascata dos demais profissionais, inclusive de outras secretarias, que, a curto prazo, inviabilizaria as finanças públicas”. Ele lembrou, ainda, que a diferença salarial verificada nos municípios da região também dificulta a fixação. “Cidades pequenas com grandes arrecadações, na maioria das vezes, têm condições de pagar salários mais atraentes e isso gera um desequilíbrio no mercado”, complementa.

 

Estacionamento

Para solucionar o problema de estacionamento de veículos, Fernando Brandão solicitou ao Departamento Administrativo da Secretaria Municipal de Saúde que viabilize o uso de um terreno público, atrás do Centro de Saúde, que passará a ser compartilhado com trabalhadores da Secretaria Municipal de Educação.

 

Participaram da reunião, pela Secretaria de Saúde, além do secretário Fernando Brandão, a coordenadora do Distrito de Saúde Sudoeste, Deise Fregni Hadich, a apoiadora do Distrito, Luciana Gonçalves, a apoiadora do Departamento de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde, Elisabet Pereira Lelo e a engenheira do Departamento Administrativo da Secretaria, Alda Stella V. de Castro.

 

Pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS) participaram a apoiadora Maria Eliani Del Duque, Maria Aparecida Gil, Eurípedes da S. Nunes e João Paulino Neto. Pelo CS Santa Lúcia estiveram presentes a coordenadora da unidade, Ana Lúcia Soares Soutello, e as auxiliares de enfermagem Eneide Piovan Rocha e Luciene C.V. de Souza.