Sassá e Fabiana são liberadas para pegar o Azerbaijão

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de novembro de 2006 as 09:24, por: cdb

A ponta Sassá e a meio-de-rede Fabiana treinaram normalmente nesta terça-feira em Osaka e foram liberadas para enfrentar o Azerbaijão nesta quarta, às 16h (5h de Brasília), na abertura da segunda fase do Campeonato Mundial feminino de vôlei.

A levantadora Fofão também participou do treinamento, mas com menor intensidade, e deve iniciar a partida no banco de reservas, servindo de opção ao Brasil no decorrer do jogo.

– A Sassá e a Fabi se movimentaram bem. Provavelmente vão para o jogo amanhã. A Fofão é que ainda vamos ver – disse o médico da seleção, Júlio Nardelli.

Fofão foi a primeira a se lesionar. Ela sentiu dores na panturrilha direita no jogo de estréia do Brasil, contra Porto Rico. Fabiana se machucou na partida seguinte, diante da Holanda. A central deixou a quadra se queixando de dores na região abdominal.

Já a ponta Sassá torceu o tornozelo direito no aquecimento para a última partida do Brasil na primeira fase, diante de Camarões.

Das três, a única que jogou depois de se machucar foi Fofão. A levantadora entrou no decorrer dos jogos contra Holanda e Estados Unidos e ajudou o Brasil a terminar a primeira fase de maneira invicta.

Nesta terça, a seleção voltou a treinar visando o confronto contra o Azerbaijão. O saque e o passe foram fundamentos bastante testados pelo técnico José Roberto Guimarães.

– A gente tem que sacar bem. O Azerbaijão é um bom time, tem uma jogadora que desequilibra (a ponteira Natalya Mammadova), então temos que estar bem concentradas – afirma a líbero Fabi.

Para a meio-de-rede Carol Gattaz, que entrou no lugar de Fabiana nos últimos jogos, o Brasil precisa tomar cuidado com a bola de china do Azerbaijão.

– Elas têm jogadoras boas. A levantadora joga muito rápido, a china é muito rápida. Então temos que ficar atentas – analisa a central.