Sarney: “José Alencar tinha coragem de discordar”

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de março de 2011 as 15:10, por: cdb

Mariana Jungmann
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), irá representar a Casa no velório de José Alencar, já confirmado para o Palácio do Planalto, em Brasília. Sarney disse hoje (29) que Alencar foi “um grande brasileiro” e lembrou o espírito crítico do político mineiro: “Um grande político, tinha coragem de discordar, de ser um homem público”.

Além das sólidas convicções políticas de Alencar, Sarney também mencionou a luta que o ex-vice-presidente travou com o câncer no abdômem, doença que o levou a enfrentar muitas internações e cirurgias. Para o senador, um exemplo para o povo do Brasil. “A maneira como ele enfrentou a doença e soube sofrer é uma lembrança que o povo brasileiro jamais irá esquecer”, afirmou Sarney.

Edição: Vinicius Doria

José AlencarPolíticaSarneySenadomorterepercussão