Sarney defende Lula e diz que relação entre poderes é harmoniosa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 25 de junho de 2003 as 13:30, por: cdb

O presidente do Senado, José Sarney, disse ser uma testemunha das relações que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém com o Congresso Nacional que, segundo ele, têm sido marcadas pela harmonia, independência entre os poderes e confiança.

Sarney também lembrou a visita feita por Lula ao Congresso, junto com os governadores, para a apresentação das propostas de reformas tributária e previdenciária.

As declarações do presidente do Senado foram feitas após a retratação do presidente Lula pelas declarações desta terça durante solenidade na Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Sobre a convocação extraordinária do Congresso Nacional para o mês de julho, feita hoje pelo presidente Lula, Sarney garantiu que os parlamentares irão aproveitar esse tempo “o máximo possível”, para que as reformas sejam aprovadas ainda este ano.

O presidente do Senado anunciou matérias que, além das reformas tributária e previdenciária, serão incluídas na pauta da convocação extraordinária, entre elas a reforma do Judiciário e projetos de lei referentes à segurança pública, como o que proíbe o porte de armas.