São Paulo mobiliza 15 mil agentes para combater a Dengue

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 18 de novembro de 2005 as 11:14, por: cdb

A Secretaria da Saúde de São Paulo recrutou um exército de agentes para trabalho neste sábado, Dia D de combate à Dengue no Estado.

Cerca de 15 mil pessoas estarão por todo o Estado orientando a população e alertando sobre o perigo da doença em 2006.

A abertura da ”guerra” contra o mosquito Aedes Aegypti, causador da doença, será em Santos, às 10h, com a presença do secretário de Estado da Saúde, Luiz Roberto Barradas Barata.

Em todo o Estado haverá atividades de conscientização e prevenção, com participação da população.

Serão realizadas vistorias a residências e praças, distribuição de panfletos, exposições, feiras de saúde, peças teatrais, passeatas e varreduras, sempre organizadas pela Secretaria e por prefeituras.

As atividades começarão logo pela manhã e devem durar o dia todo. Para a Baixada Santista, por exemplo, a Secretaria lançará a distribuição de 80 mil folhetos de orientação à população.

Em parceria com o Sindicato dos Empregados em Edifícios de Santos e Cubatão, a Associação de Administradores de Condomínio de Santos e Guarujá e o Sindicato dos Trabalhadores em Edifícios de São Vicente, os folhetos chegarão aos prédios e casas de toda a Baixada Santista na região um dos principais problemas é o grande número de residências que ficam fechadas durante quase todo o ano.

O Dengue Boy, mascote da Secretaria que alerta sobre a doença, começará suas visitas, que abrangem todo o Estado, pela cidade.

Neste ano foram registrados 5.062 casos de Dengue em todo o Estado.

O número é maior que de 2004, quando houve 3.049 casos, mas menor que 2003, 2002 e 2001, quando aconteceram 20.292, 42.368 e 51.668, respectivamente.