São Paulo divulga nota sobre saúde de Kaká

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 25 de março de 2003 as 13:47, por: cdb

O São Paulo divulgou uma nota em seu site esclarecendo sobre as condições físicas do pentacampeão Kaká.

A nota assinada pelo fisiologista do clube Tricolor, Dr. Turíbio Leite de Barros, afirma que o problema do jogador é uma contratura muscular. Turíbio também afirma que a lesão é de fácil recuperação e que não está ligada ao trabalho de fortalecimento muscular por qual Kaká está passando.

Segundo o doutor, a lesão ocorreu pelo excesso de partida disputada pelo “xodó” do São Paulo, já que ele não teve férias, já que disputou uma partida pela seleção da FIFA, além de não ter realizado a pré-temporada.

Leia a nota na íntegra

Diante do grande número de colocações descabidas que temos lido e ouvido sobre o Kaká, torna-se oportuno usar o espaço oficial do São Paulo Futebol Clube para esclarecer, informar e esperamos, encerrar este assunto.

A melhor forma de trazer as informações necessárias é caracterizá-las de forma pontual:

1 – O Kaká teve um episódio que se pode dizer é o problema clínico mais freqüente no futebol: uma contratura muscular. Não existe jogador de futebol profissional que não tenha sofrido (ou não irá sofrer) este tipo de problema.

2 – No elenco do São Paulo, considerando os atletas que estiveram atuando no clube nas duas últimas temporadas, o Kaká foi um dos três atletas que menos problemas musculares teve e um dos três que maior número de partidas disputou.

3 – A recuperação deste problema é extremamente simples e rotineira requerendo simplesmente o tempo e tratamentos convencionais.

4 – O problema muscular não tem nenhuma relação com o trabalho de fortalecimento que foi feito. Pelo contrário, o fortalecimento muscular previne as lesões, diminuindo sua incidência. Esta constatação é científica e não a opinião pessoal de ninguém.

5 – A propósito o trabalho de fortalecimento do Kaká durante todo o 2º semestre de 2002 foi direcionado para aumento da massa muscular de tronco e membros superiores. O fortalecimento das pernas foi feito durante o ano de 2001 e 1º semestre de 2002. Vale lembrar que desde janeiro de 2001 até março de 2002 o Kaká não teve nenhum problema muscular.

6 – Fica claro, portanto, que toda a polêmica ocorreu porque esta contratura ocorreu exatamente no período das finais do Campeonato Paulista com óbvia repercussão e impacto do momento. Vale lembrar que a causa é óbvia: o Kaká não teve férias por causa do jogo da seleção da FIFA, não fez pré-temporada por causa dos jogos da seleção brasileira sub-23 e foi o atleta que mais partidas disputou em 2003. O problema muscular é, portanto, a conseqüência óbvia desta grande sobrecarga. Podendo dizer que se ele não fosse um atleta jovem e saudável, com excepcional preparo físico e musculatura fortalecida e equilibrada o problema teria conseqüências muito mais sérias.

Em resumo, agora é a hora de encerrar este assunto, deixar o atleta se recuperar em paz, e aguardar só um pouco mais para novamente vê-lo em campo mostrando seu futebol excepcional e todas as suas qualidades que hoje o transformaram no jogador mais brilhante em atividade no futebol brasileiro.

Dr. Turíbio Leite de Barros

Fisiologista do São Paulo Futebol Clube