São Paulo bate o Flamengo no Maracanã

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 5 de outubro de 2002 as 23:03, por: cdb

Em uma tarde inspirada do meia Kaká e do atacante Reinaldo, o São Paulo venceu o Flamengo por 3 x 2, neste sábado, no estádio do Maracanã, e acabou com o jejum de cinco jogos sem vitória no Campeonato Brasileiro.

O resultado também recolocou a equipe do Morumbi na zona de classificação e acalmou, por enquanto, o ambiente no clube. Com 25 pontos, o Tricolor Paulista ocupa a sexta colocação. Já o Flamengo, que continua com os mesmo 16 pontos, alcançou sua quarta partida sem vitória e começa a ficar preocupado com o rebaixamento.

Os gols do São Paulo foram marcados por Reinaldo (2) e Kaká. Liédson (2) fez para o Flamengo.

Apesar de atuar no estádio do Macaranã, o São Paulo parecia disposto a encerrar o jejum de cinco jogos sem vitória e começou pressionando o Flamengo. A primeira chance aconteceu aos 3min. Ricardinho lançou Luís Fabiano na entrada da área. O atacante chutou forte, mas mandou à esquerda do gol.

Um minuto depois, novamente Ricardinho fez a jogada no meio campo e lançou Kaká. O meia arrancou da intermediária, mas, na hora de chutar, acabou se enrolando e o zagueiro Flávio apareceu para salvar o Flamengo.

O Tricolor Paulista continuava melhor em campo e criando as melhores chances. Aos 8min, Luís Fabiano recebeu na área pela direita e chutou cruzado. Diego espalmou e Kaká, no rebote, chutou em cima da defesa rubro-negra.

O domínio era total do São Paulo e o primeiro gol era apenas questão de tempo. E ele não demorou muito para sair. Aos 25min, Kaká entregou para Reinaldo na intermediária. O atacante carregou a bola até a entrada da área e chutou forte no canto esquerdo do goleiro Diego. O são-paulino não quis comemorar o gol diante do ex-clube. “Eu respeito muito essa torcida”, afirmou o jogador, que defendeu o rubro-negro por 12 anos.

O Flamengo não fazia uma boa partida e não conseguia passar pela defesa do paulista, que, com o retorno do volante Maldonado, estava muito equilibrada. O São Paulo tocava a bola com tranqüilidade e seguia criando boas oportunidades. Aos 38min, Fábio Simplício cobrou falta na trave do goleiro flamenguista. Um minuto depois, após confusão na área, Ricardinho chutou colocado e Diego defendeu no susto.

A primeira chance do Flamengo só aconteceu aos 45min, na última jogada do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Felipe Mello acabou cometendo falta em Jean e não permitiu à finalização de André Gomes, que estava sozinho na entrada da área.

Com duas alterações, Evandro e Anderson Gills nos lugares de Wendell e André Gomes, o Flamengo começou o segundo tempo com mais disposição e criava algumas oportunidades. Porém, cedia os contra-ataques para o São Paulo, o que era muito perigoso.

Em um deles, o São Paulo alcançou o segundo gol. Aos 13min, Kaká arrancou da intermediária defensiva, passou por três adversários e deu um lindo passe para Reinaldo. O atacante esperou a saída do goleiro Diego e tocou por cima.

Mas os paulistas não tiveram tempo nem de comemorar. Um minuto depois, o Flamengo chegou ao seu primeiro gol. Após cobrança de escanteio, Sandro Hiroshi ajeitou de cabeça e Liédson, de bicicleta, venceu o goleiro Rogério Ceni.

O gol fez o Flamengo crescer na partida e começar a pressionar o São Paulo, que, por sua vez, continuava apostando nos contra-ataques. Em um deles, o Tricolor Paulista ampliou à vantagem. Aos 35min, depois de jogada rápida do ataque, Kaká recebeu na entrada da área e chutou cruzado para fazer o terceiro gol.

Aos 45min, o rubro-negro ainda marcou o segundo gol. Sandro Hiroshi se enrolou com Jean e a bola sobrou para Liédson. O atacante acertou, de virada, chute cruzado sem defesa para Rogério Ceni.

FLAMENGO 2 x 3 SÃO PAULO

Flamengo
Diego; Wendell (Evandro), Flávio, Fernando e Anderson; Jorginho, André Gomes (Anderson Gills), Felipe Mello, Fábio Baiano (Caio); Liédson e Sandro Hiroshi
Técnico: Evaristo de Macedo

São Paulo
Rogério Ceni; Gabriel, Ameli, Jean e Jorginho Paulista (Júlio Santos); Mal